Sinto-me honrado e privilegiado em presidir a ADVB no contexto em que a entidade completa 64 anos de existência, comemorados em 29 de maio. A despeito do isolamento imposto pela pandemia, não hesitamos em brindar, em ambiente digital, com os membros da diretoria, do conselho, colaboradores, associados e parceiros, nossa satisfação pela efeméride. São mais de seis décadas de representação profícua, marcada pela crença no papel do empresariado no desenvolvimento do país.

Em nosso brinde virtual, lembrei que a ADVB, ao longo dos anos, foi construindo sua própria história. E eu tive a felicidade de receber uma ADVB muito bem estruturada, de Latif Abrão Jr., o presidente que me antecedeu; sem me esquecer do Miguel Alberto Ignatios, referência para todos nós. Salientei que a estrutura da ADVB conta com três pilares e uma laje.

O pilar do Conhecimento é constituído dos cursos que promovemos, por meio da FBM (Fundação Brasileira de Marketing), braço institucional da ADVB. O MKT entrou pela porta da ADVB, no Brasil, e nós temos exemplos muito bem sucedidos de cursos presenciais e in company, além de inaugurar, nos próximos dias, nossa plataforma de EaD.

O 2º pilar é o do Relacionamento. Nele se inserem os fóruns de temas nacionais e, também, Internacionais – lançado em plena pandemia e tematizado no enfrentamento da crise e passos para a retomada. Acrescentem-se os cafés da manhã, almoços e encontros propícios ao relacionamento. Mesmo alijados dos eventos presenciais, buscamos nos reinventar, promovendo encontros a distância. Sempre em clima alegre, descontraído e jovial de uma entidade sexagenária.

O 3º pilar é o do Reconhecimento, traduzido sob a forma das premiações concedidas pela ADVB. Assim que pudermos efetivar a retomada, de forma segura a responsável, vamos recompor a agenda dos prêmios, postergados por conta da pandemia e das eleições municipais de 2020.

Por fim, o que chamamos de laje e que funciona como amálgama dos conteúdos constitutivos dos pilares, é o Compartilhamento. A partir dos recursos formidáveis da conectividade digital, desenvolvemos a estrutura do novo portal da ADVB. Acelerados pelas restrições impostas pela pandemia, buscamos ingressar, de vez, no mundo da tecnologia da informação contemporânea.

Cabe frisar que a ADVB tem dois Compromissos vigentes. O primeiro com a ONU, expresso em acordo formalizado, em 2017, pelo então presidente Latif Abrão Jr, entre nossa entidade e a ONU Mulher. Somos a única instituição brasileira detentora dessa distinção, o que é motivo de orgulho para todos nós.

Outro compromisso que nós temos foi estabelecido durante o contingenciamento. É o Projeto aMEI, lançado pelo IRES – Instituto ADVB de Responsabilidade Socioambiental. Percebemos que o isolamento social era insuficiente para enfrentar a crise. Então voltamos o olhar para os desassistidos.  O Projeto aMEI é de natureza solidária, em prol dos microempreendedores individuais.

O que nos une, especialmente nessa fase turbulenta, onde a insegurança e o medo são generalizados, é a solidariedade. O Projeto aMEI, além de filantrópico, tem componentes voltados para o impulsionamento da economia. Evoca o círculo virtuoso expresso pela Economia Circular Sustentável, preconizada pela ONU.

Nessa edição do ADVB News, recomendo a todos a leitura de matérias alusivas aos pilares da entidade, a evolução histórica de cada um deles e, também, ao compromisso que temos com as ações de cunho social. Que a ADVB caminhe altiva, otimista e orientada pelas melhores práticas, em constante inovação em direção às bodas de platina, em 2021. E avante!

Aristides de La Plata Cury

Presidente da ADVB