O tamanho da mobilização da sociedade civil brasileira é proporcional aos efeitos devastadores da pandemia. Foco: saúde das pessoas e da economia. Empresas multissetoriais, de diferentes portes e atividades, somadas ao protagonismo de lideranças e empreendedores, criam uma rede de atenção e socorro aos elos mais vulneráveis da sociedade, nesse momento crucial.

Há, no Brasil, existem quase 10 milhões de microempreendedores Individuais – MEIs, de acordo com o Portal do Empreendedor MEI, site do governo federal, lançado em 2009. A maioria deles ficou e continua impedida de trabalhar. Descapitalizados, viram-se desalentados da noite para o dia. Reclusos em quarentena, assistem, apavorados, ao acúmulo de compromissos vencidos e a falta de meios para a subsistência familiar.

Nesse contexto, o IRES – Instituto ADVB de Responsabilidade Socioambiental e a ADVB – Associação do Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil, com o apoio de diversos parceiros, criaram o Projeto aMEI. Consiste em ações solidárias em prol do Microempreendedor Individual – MEI, focadas na captação de recursos financeiros junto à sociedade civil, via pessoas físicas e jurídicas.

Com lançamento nesse 1º de Maio, trata-se de um Fundo de Solidariedade instalado numa plataforma digital, que administrará as doações espontâneas arrecadadas e fará a distribuição de valores aos MEIs assistidos pelo Projeto aMEI.

“O projeto assistirá, na primeira fase, os MEIs cadastrados da Grande São Paulo – epicentro da Covid-19, partindo na sequência para o Estado de São Paulo e depois aos demais Estados”, explica o presidente da ADVB-SP, Aristides de La Plata Cury.

Funcionamento

O aMEIvoucher, no valor de R$ 100,00, será trocado nos pontos comerciais de alimentos e produtos de primeira necessidade, credenciados na Plataforma. Não poderá ser sacado em moeda, somente como meio de pagamento na rede credenciada da plataforma.

O Projeto aMEI viabiliza, para todos os agentes envolvidos, a oportunidade de exercer suas atividades profissionais e de negócios, gerando trabalho e renda, principalmente na base da pirâmide social.

O SócioMEI poderá, também, indicar estabelecimentos de sua localidade para credenciamento na Plataforma e, assim, incrementar os locais para utilização dos seus aMEIvouchers.

Como doar e receber

Por meio da plataforma www.projetoamei.com.br, clicar em ‘Doação’. Pessoa física pode doar qualquer valor, a partir de R$ 30,00. E a jurídica, qualquer valor a partir de R$ 300,00. O aMEIvoucher é recebido por meio da plataforma www.projetoamei.com.br. Basta clicar em ‘Inscrição’ e preencher o cadastro.

Sobre a ADVB – Em 2020, a ADVB® completará 64 anos e é uma referência para a gestão empresarial no país, ao oferecer opções ricas e diversas para o relacionamento e aperfeiçoamento profissional de quem atua nas áreas de vendas e marketing e na direção das empresas. Cursos, palestras, fóruns, debates e eventos de premiação reúnem personalidades públicas e do mundo corporativo, propiciando ferramentas que auxiliam no desenvolvimento de estratégias de gestão das organizações.