Evento Top Destinos Turísticos no Palácio dos Bandeirantes em novembro de 2019 / Foto: Ken Chu – Expressão Studio

O setor de eventos, onde se inserem as feiras de negócios multi-temáticas, crescia no mundo todo. Em 2019, estiveram presentes nos eventos paulistas mais de 84 milhões de compradores. Recorde dos últimos 20 anos. Os negócios gerados para a economia brasileira foram da ordem de R$ 395 bilhões – o que equivale a 4,6% do PIB. Os dados são da pesquisa ‘Impacto e Resultado dos Eventos com Foco em Geração de Negócios no Estado de São Paulo’, do instituto NewSense, encomendada pela União Brasileira dos Promotores de Feiras – Ubrafe.

De maneira mais abrangente, sob a denominação MICE²+FDT (Meeting Incentive Congress Exhibition and Experience + Festivalizarion Digital and Tourism), o setor alcançou a movimentação anual de R$ 936,0 bilhões (12,93% do PIB brasileiro).

Quando se pergunta qual é a explicação para se gerar, em poucos dias, negócios excepcionais para as empresas, a resposta contempla um valor essencial: os eventos presenciais propiciam o contato comercial direto entre quem compra e quem vende; quem aprende e quem ensina; quem homenageia e quem é homenageado. Olho no olho! Pessoa a pessoa!

De fato, desde sua fundação, em 1956, a ADVB tem nos eventos presenciais os momentos marcantes de sua história.

Criado em 1972, mais que um prêmio de reconhecimento, o Top de Marketing é um selo de qualidade do marketing empresarial.

Em média, 8,2 milhões de visitantes e 66,5 mil expositores participam de 742 feiras e congressos de grande porte no estado de São Paulo. Ou seja: são cerca de 11,5 mil pessoas por evento, considerando o universo das feiras de negócios e dos congressos com estandes com mais de 500 participantes. Isso tudo mudou?

Sim. A pandemia do Covid-19 atingiu em cheio os eventos e fez desencadear uma série de mudanças e dúvidas sobre o futuro do setor. Um dos mais, senão o mais atingido com as restrições impostas pela proibição de aglomerações de pessoas, sofre perdas econômicas e sociais incalculáveis.

Seis consultores renomados do Grupo MICE + T Brasil, formado por experientes profissionais multidisciplinares para divulgar, expor, aproximar, captar, vender, atrair, gerar e incrementar negócios nos destinos brasileiros, garantem que, de fato, “muitas práticas e modelos empresariais estão desmoronando”.

Em manifesto assinado conjuntamente, Jorge Medauar, Aristides Cury, Edmundo de Almeida, Elza Tsumori, Raimundo Perez e Sergio Junqueira Arantes afirmam que: “a forma de se relacionar com o mercado, de fazer negócios, de manter um time azeitado e funcionando, para ficarmos no básico, já começaram a mudar”.

Quais medidas devem ser priorizadas hoje, com foco no amanhã? O manifesto chama atenção para a importância das pessoas cuidarem das pessoas. Confira!

Segue abaixo, link da nossa petição!

Agora vamos juntar forças e colher assinaturas ! Esse é o primeiro passo de muitos que estão por vir !

Conto com a ajuda e união de todos, para conseguirmos nossos objetivos ! Enviem para comunidades, amigos, empresas do setor ! Vamos fazer barulho !

#juntossomosmaisfortes

Sobre a ADVB – Em 2020, a ADVB® completará 64 anos e é uma referência para a gestão empresarial no país, ao oferecer opções ricas e diversas para o relacionamento e aperfeiçoamento profissional de quem atua nas áreas de vendas e marketing e na direção das empresas. Cursos, palestras, fóruns, debates e eventos de premiação reúnem personalidades públicas e do mundo corporativo, propiciando ferramentas que auxiliam no desenvolvimento de estratégias de gestão das organizações.