TOP DE SUSTENTABILIDADE 2017

        Top de Sustentabilidade 2017 da ADVB premia práticas sustentáveis de empresas. Ações sociais, ambientais, de educação, equidade de gênero foram destaque entre os cases das homenageadas

O Top de Sustentabilidade 2017, organizado pela ADVB e pelo IRES , premiou na manhã da terça-feira 14/11 em São Paulo, organizações que promovem o bem estar social como parte da estratégia de desenvolvimento de seus negócios e ações ambientais e sustentáveis. As empresas que receberam o reconhecimento foram Avon, Liq, Copagaz, Ecorodovias, Tetra Pak, Fundação Alphaville, Instituto Cacau Show, MBigucci Construtora, Rede Globo, Shopping Eldorado e Sicredi. O evento contou com 140 convidados e mais de 5 mil pessoas assistiram a premiação via streaming, pela pagina da ADVB no Facebook @ADVBonline.

Nas palavras do Presidente da ADVB Latif Abrão Jr. “O Top de Sustentabilidade revela a preocupação constante da entidade com a questão do melhor futuro para o nosso planeta e como as empresas comprometidas e ativas podem fazer a diferença.”

Palco do Top de Sustentabilidade ADVB 2017

 

Flavio Corrêa, Presidente do Conselho Consultivo da ADVB, abriu a cerimônia de premiação. “Nunca foi tão necessário falar sobre este tema. Se não tivermos um cuidado maior, o ambiente ficará hostil. Mas a boa notícia é que estamos acordando e estamos nos dando conta de que é possível melhorar”, disse.

Flávio Correa – Presidente do Conselho Consultivo da ADVB

 

Lívio Giosa, presidente executivo da ADVB, falou sobre a importância de refletir sobre as ações sustentáveis para as próximas gerações. “Temos claros os indicativos ambientais dos próximos 30 anos. Cada vez mais, nossos destinos são encurtados pela emissão de carbono. Impositivamente vamos ter de mudar nosso comportamento, reduzindo e compensando as emissões. Vamos abraçar a causa, esta causa que se instala na ADVB para juntos, trazermos os protagonistas para hastear a bandeira dos princípios da sustentabilidade”, afirmou. “Vamos acelerar nosso protagonismo, pois são os herdeiros do futuro que vão agradecer”.

Lívio Giosa – Presidente Executivo da ADVB

Premiados

Fernanda Cabrini, Especialista em Relações Governamentais da Avon, apresentou o case da empresa e chamou a atenção para a mudança de comportamento para ter um mundo sustentável. Ela apresentou a Rede pela Diversidade, um grupo de funcionários que trabalha pela questão humana com o objetivo de transformar o social por meio de grupos minoritários, promovendo o empoderamento feminino, equidade de gênero no cenário corporativo. “Sustentabilidade e Diversidade andam lado a lado na Avon. O Brasil é cada um de nós; é um país diverso”.

A Liq, fusão entre a Contax e Ability, também foi uma das empresas reconhecidas pelo Top de Sustentabilidade. Marco Antonio Filler Hermo, gerente de Marketing, apresentou as iniciativas que proporcionam aos seus colaboradores um ambiente favorável ao desenvolvimento profissional e de inclusão social. “No Liq Qualifica, formamos mais de 400 profissionais que trabalham na unidade operacional de Recife. Outras iniciativas na questão ambiental são projetos para diminuir emissões de CO2, consumo consciente de energia e reutilização da água”.

Percival Maiante, Presidente da Fundação Toyota do Brasil, falou sobre as ações que inspiraram os jurados do Top de Sustentabilidade. “Desde 2009 como um braço social da fabricante Toyota, a Fundação unificou as iniciativas sociais da montadora. Um dos projetos é o Ambientação, que tem o objetivo de estimular o consumo consciente de recursos naturais no dia a dia em Indaiatuba (SP), Guaíba (RS) e Sorocaba. Assim, espero que possamos construir uma sociedade sustentável em harmonia com o meio ambiente”.

Rafael Morales, Assessor de Sustentabilidade da Copagaz, apresentou um dos cases do comitê de sustentabilidade, para facilitar a integração da sustentabilidade no dia a dia, na cultura e na gestão de negócios da empresa. “Em 2012, elaborou seu primeiro inventário de emissões de gases de efeito estufa e de CO2, usando como metodologia o GHG Protocol, e identificamos redução de 2,2% no índice das emissões em 2016”.

Marcos Fatos, Especialista em Meio Ambiente da TetraPak, abordou a geração de valor compartilhado e compromisso com a sustentabilidade desde o princípio, destacando que o meio ambiente está dentro da estratégia da empresa. “Iniciativas como desenvolver embalagens cada vez mais sustentáveis e aumentar os índices de embalagem longa vida têm o objetivo reduzir o impacto ambiental na cadeia de valor”. O executivo também detalhou sobre as características das matérias-primas utilizadas nas embalagens, além de expor os fatores para alavancar a reciclagem no Brasil, como aumentar a participação de consumidores, apoiar a infraestrutura de coleta e separação de materiais recicláveis, impulsionar o mercado de reciclagem no país e aumentar a oportunidade de mercado para produtos reciclados.

A trajetória de sustentabilidade da EcoRodovias foi detalhada por Artaet Arantes da Costa Martins, Assessor de Sustentabilidade da companhia. “O salto foi quando introduzimos o tema na missão e visão do grupo, participando do planejamento estratégico. A sustentabilidade está no DNA da EcoRodovias: tem início e mio, mas não tem fim”. Algumas práticas ambientais da empresa são o asfalto ecológico com a utilização de insumo feito com pneus inservíveis; reaproveitamento da água e seu consumo consciente e o projeto Viveiro de Mudas, na qual já plantou mais de 450 mil árvores, a maioria de espécies nativas da Mata Atlântica.

Débora Silva e Silva, Coordenadora de Projetos Sociais da Fundação Alphaville apresentou o case “Convivência que Constrói”, que valoriza a mobilização do trabalho em conjunto para o fortalecimento individual, coletivo e territorial promover o desenvolvimento comunitário das áreas de influência de sua principal mantenedora, a Alphaville Urbanismo. “Trabalhamos com o valor local, para que pessoas da comunidade se tornem agentes transformadoras de suas realidades”.

Clóvis Madeira, Presidente do Instituto Cacau Show, fez breve apresentação do plano do Instituto e falou sobre a abordagem das atividades, sempre com foco pedagógico, com olhar para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social da região de Itapevi. Neste ano, pretendem atingir 36 mil atendimentos. “Queremos ser referência em ações e projetos sociais e de educação, criando oportunidade de desenvolvimento para crianças, jovens e adultos”. O momento também contou com a participação de Alexandre Costa, Presidente da Cacau Show.

A apresentação da MBigucci ficou por conta do Presidente da construtora, Milton Bigucci e de sua filha, a Diretora de Marketing Roberta Bigucci. A companhia tem uma história de 34 anos e já construíram 9 mil unidades e mais de 400 prédios que abrigam mais de 20 mil pessoas. Roberta destacou os projetos sociais – exemplos que ela mesma diz que vem de casa. “O Big Riso é a minha menina dos olhos. O projeto existe desde 2004 e os funcionários se fantasiam de palhaço e visitam crianças com câncer no Hospital do Servidor Público de São Paulo, Hospital Mário Covas (Santo André) e na Fundação Santo André; já passaram pelo Big Riso mais de 500 voluntários, mais de 1500 visitas foram feitas e mais 11 mil pessoas entre crianças, pais, enfermeiros e médicos foram beneficiados”.

O Shopping Eldorado transformou seu telhado em horta, utilizando todo o lixo orgânico da praça de alimentação em adubo. O case foi apresentado por Sergio Nagai, superintendente do estabelecimento. “Passamos a avaliar todo o impacto ambiental num shopping que foi fundado há 36 anos, que mantém 360 operações e circulam 60 mil pessoas por dia”, pondera. “Mandávamos 1 tonelada de lixo por dia para o aterro sanitário e passamos a pensar maneiras de produzir composto orgânico. Para o projeto de compostagem, testamos diversas maneiras sobre como produzir e chegamos a uma mistura ideal: tivemos a idéia de criar o “Telhado Verde”, como foi apelidado. Com isso, mudamos o comportamento do nosso funcionário, utilizamos água de reuso e amenizamos a temperatura interna do empreendimento”.

O case da Sicredi, apresentado pelo Presidente Manfred Alfonso Dasembrock, valoriza a educação por meio do programa de responsabilidade social. “O programa “A União faz a Vida” (PUFV) promove valores de cooperação e cidadania entre crianças e adolescentes e já conseguiu diagnosticar que levou melhorias concretas para as escolas participantes”. O PUFV também promove o conceito Escola sem Muros, conectando escola e comunidade.

Leslie Árias e Daniela Matarazzo da Comunicação Regional São Paulo da Rede Globo apresentaram o “Verdejando”, projeto que nasceu no jornalismo há cinco anos e conquistou outras proporções, devido ao sucesso. “É um projeto inspirador, que tinha como proposta ser uma série de reportagens para falar sobre a importância do verde na nossa vida”, disse Leslie. A proposta ganhou corpo, com o objetivo de mudar o olhar das pessoas em relação ao meio ambiente.

Também subiram ao palco para receber o troféu seguintes organizações: Rádio Jovem Pan – recebido pela jornalista Izilda Alves, pela Campanha Jovem Pan Contra as Drogas (Destaque Social); SOS Mata Atlântica – recebido pelo Gestor de Negócios e Captador de Recursos Carlos Abras (Destaque Ambiental) e Instituto Vida Ideal – recebido pela professora Ana Paula Adami (Hours Concours).

 Video Completo Premiação Top de Marketing ADVB 2017:

 CONFIRA A GALERIA DE FOTOS:

 

 

CONFIRA A REVISTA DESSA EDIÇÃO

EDIÇÕES ANTERIORES

2013
2014

Envie Briefing para Análise
  • (Rua, número, complemento)