Um guia objetivo para aumentar a conversão de leads em seu negócio

por Régis Lima

No post anterior falamos sobre know-how e sobre experiência do cliente. Agora vamos aos demais passos.

Implemente ações de Inbound Marketing

Lembra dos antigos (e chatos) pop-ups com anúncios de venda ou dos gigantescos banners que ocupavam grandes áreas de um site empresarial? Pois bem, este modelo de marketing cada vez perde mais espaço no ambiente digital. E, se estar na internet é um pré-requisito para qualquer empresa hoje do mercado, investir no Inbound Marketing, por sua vez, tem se tornado uma tendência muito forte e consolidada.

Mas do que estamos falando? Inbound Marketing pode ser definido como o processo de criar pontes de atração com clientes, que viriam ao site de uma empresa de modo voluntário, pois teriam algo relevante sendo oferecido para eles.

Diferente do marketing tradicional de propagandas, comerciais e anúncios, no Inbound Marketing, o cliente vai até você. De que forma? Por meio, sobretudo, da oferta de conteúdo relevante, seja através de blogs especializados, e-books, tutoriais ou outras plataformas.

Implementar estratégias de Inbound Marketing alinhadas com os times comerciais de seu negócio é uma excelente forma de renovar suas táticas de venda e manter-se antenado com o que de mais relevante ocorre no mercado.

Use a tecnologia a seu favor

Ao longo deste artigo, abordei a importância cada vez maior de se obter um conhecimento profundo dos clientes como forma de otimizarmos as rotinas de vendas de nossas empresas.

Pois bem, graças ao avanço da tecnologia, já é possível obter um grau de informações amplo e muito mais acurado sobre os consumidores em potencial de nossos produtos e serviços. Sendo assim, se você deseja modernizar-se e não ficar para trás em seu segmento, o uso de ferramentas como as de gerenciamento do relacionamento com o cliente, são de suma necessidade.

Vale salientar ainda que as próprias redes sociais são uma mina de ouro para coleta de informações sobre tendências e perfis de consumo, logo, não deixe de estar presente também nestes canais.

Enxergue o ato de vender como uma carteira de oportunidades

Por fim, gostaria de comentar que os próprios pilares que sustentavam as rotinas comerciais estão passando por um processo de transição. Para citar um caso, em conjunto com o tradicional funil de vendas, vemos surgir hoje a visão do cliente enquanto uma oportunidade com seus riscos e chances de sucesso.

Conforme citei no tópico anterior, atualmente já é possível ter um nível de informação extremamente sofisticado de um grupo de consumidores. Isso permite, por exemplo, diminuir esforços inúteis e aumentar a taxa de conversão.

Quer um exemplo? Se sei que determinado lead tem mais chances de fechar negócios com minha empresa do que outro, porque direcionar o mesmo nível de trabalho para ambos? A ideia aqui é alinhar estratégias que minimizem custos e, ao mesmo tempo, tragam um retorno mais significativo.

Conclusão

Atualização. Essa é a palavra que define uma exigência constante na vida de um vendedor. À medida que os perfis de consumo mudam e a própria sociedade como um todo transformar-se, precisamos ficar atentos para desenvolver técnicas que se comuniquem melhor com os anseios da população. Se você chegou até aqui, é porque está buscando tais mudanças. Continue nesta rota e sucesso!

Régis Lima,
Diretor da ADVB Núcleo Jovem e Diretor Comercial da Lumenit.